ZERMATT

DICAS PARA ZERMATT E SUA FAMOSA MONTANHA MATTERHORN
By Flávia Bordogna

2015-06-29 18.10.23O nosso post de hoje será sobre Zermatt, uma linda cidadezinha localizada nos Alpes suíços, uma das estações de esqui mais famosas da Europa. Fazia algum tempo que eu queria conhecer Zermatt e sua famosa montanha Matterhorn, a mais fotografada da Suiça. Na verdade eu já conhecia essa montanha pelo lado italiano, onde ela é conhecida como “Monte Cervino”, na cidade de Brenil-Cervinia, mas eu também queria conhecer o outro lado. Adoro paisagens de montanha, com seus pinheiros, picos nevados, pequenos lagos e a exuberância do verde. Por tudo isso, sempre que estou na Europa, procuro conhecer uma cidade nova nos Alpes, dessa vez foi Zermatt. Fui e não me decepcionei, Zermatt é uma gracinha!

20150606_045146Nossa viagem foi no verão, nessa época, algumas cidades de montanha ficam parecendo cidades fantasma, como foi o caso de Davos e Crans Montana, também na suíça, mas Zermatt não, quando fomos estava bem movimentada. A cidadezinha é cheia de bons restaurantes, hotéis para todos os gostos, muitas lojinhas, pequenos bares e é legal para ser visitada em qualquer época, pois tem sempre movimento e atrações específicas para cada estação do ano.

COMO CHEGAR

20170318_122247

Só é possível chegar a Zermatt de trem, (veja o mapinha que fotografei do material que recebi no trem), pois é proibida a entrada de carros na cidade. Caso você esteja de carro, deverá deixa-lo em Täsch, uma cidade que fica a 5 km de Zermat. Lá você encontrará o Matterhorn Terminal Täsch  (MMT), um terminal de trem com uma enorme garagem. Daí você pega o trem para Zermatt que passa a cada 20 minutos. O valor do bilhete é  16,40 francos suíços, ida e volta e o trajeto dura em torno de 20 minutos.

Matterhon Terminal Täsch

Matterhon Terminal Täsch

Foto do site da Matterhorn Gornergrat Bahn

Foto do site da Matterhorn Gornergrat Bahn

Chegando a Zermat, você poderá ir para o seu hotel utilizando o carro elétrico do próprio hotel que deverá estar lhe esperando ou pegar um taxi elétrico. Tem ainda a opção de carruagens que são fornecidas por alguns hotéis de luxo, ou até mesmo ir a pé, pois o terminal da estação fica bem no centro da cidade.

20150606_045817A maior atração da cidade é  a montanha  Matterhorn, linda e imponente com sua forma triangular.  Também conhecida como a montanha do chocolate Toblerone, pois está estampada na embalagem desse famoso chocolate suíço.

Quando chegamos passeamos um pouco pela cidade, com suas casinhas de madeira, ruazinhas estreitas,  passamos pelo museu que conta a história da primeira conquista do Matterhorn, que, naquele ano,  em 2015, estavam festejando os 150 anos dessa conquista. Tem ainda o cemitério do alpinista, uma igreja e um bairro antigo.  Tudo muito lindo! A rua principal é a Bahnhofstrasse, onde jantamos e depois voltamos para o hotel.

20170323_170010

20150605_111137

No outro dia acordei bem cedo, às 05 h 45 min da manhã, para ver o lindo efeito que os raios do sol fazem quando incidem sobre a montanha, simplesmente lindo! A montanha parece em brasa, é realmente um momento de beleza única, mas, fique atento,  para observar a “montanha em brasa” é necessário perguntar o horário exato no hotel, pois muda diariamente.

O QUE FAZER

Essa é uma cidadezinha cheia de opções de passeios pelas montanhas e arredores, os mais famosos são Gornergrat, Glacier Paradise e Rothorn, de onde você terá uma vista de tirar o fôlego das mais altas montanhas da Europa.

GORNERGRAT BAHN

Tudo naquela cidade gira em torno da famosa montanha Matterhorn, por esse motivo, pegamos o trem de cremalheira (trilho dentado), da estação ferroviária Gornergrat Bahn, e fomos para Gornergrat, que fica a 3.089 m de altitude. A estação para pegar esse trem fica na rua principal e o bilhete, pasme,  custa nada mais, nada menos que 86,00 francos suíços, para uma viagem de ida e volta de aproximadamente 30 minutos!!!

20170318_150759Bem carinho, não é verdade? Usando o Swiss Travel, tem uma redução de 50%, mas esse cartão só é vendido para um mínimo de 3 dias . De qualquer maneira, acho que valeu a pena, pois foi um passeio belíssimo com paisagens incríveis. Veja algumas:

Ao chegar  a Gornergrat, você se depara com paisagens ainda mais bonitas e, o que é ainda melhor, com a maravilhosa montanha Matterhorn bem pertinho de você.  Aquele  refúgio é circundado por 29 picos de lindas montanhas, com mais de 4.000 metros de altitude,  oferecendo um panorama inigualável àqueles que visitam aquele espaço. Parece que você está no topo do mundo.

20170323_152227

Lá em cima você encontrará o 3100 Kulmhotel, um hotel fantástico localizado no meio desses 29 picos. Dá para imaginar as imagens dignas de cartões postais que você vai visualizar desse hotel? Tem também uma capela, várias pistas de esqui, muitas trilhas, lojinhas e um restaurante. Almoçamos nesse restaurante, um self service simples, mas bastante adequado para o local.

IMG-20150627-WA0241 - Cópia

20150605_070840

GLACIER PARADISE (KLEIM MATTERHORN)

O Glacier Paradise é outro passeio que você pode fazer na sua visita à Zermatt. Infelizmente não fiz, mas sei que você deve pegar o trem de cremalheira e depois dois bondinhos para chegar ao ponto mais alto que você pode chegar de teleférico na Europa, 3.800 m de altitude.

Nessa montanha, chamada Kleim Matterhorn, você encontrará o palácio do gelo (Glacier Palace), que fica abaixo da superfície, cheio de esculturas; um cinema (Cinema Lounge), onde passam filmes sobre os Alpes;  uma espécie de tobogã (Snow-Tubing) e uma plataforma de observação, com uma visão de 360° das montanhas do entorno.

DICAS GERAIS:

QUANDO IR

Como já falei, Zermatt é uma cidade que pode ser visitada em  qualquer época do ano. No verão existem várias trilhas para serem exploradas, paisagens incríveis e você pode até esquiar, pois no Glacier Paradise tem sempre neve. No inverno despensa comentários por tratar-se de um dos destinos  de inverno mais visitados da Europa. A temporada começa em meados de dezembro e vai até o fim de março.

ONDE FICAR

Zermatt tem mais de 100 hotéis à sua disposição, as opções são muitas, mas você precisa reservar com antecedência, pois a procura é grande. Ficamos no charmoso Hotel Alpenhof  (www.julen.ch), que fica na Matterstrasse, 43, quase em frente ao Teleférico Sunnega Station, com vista para o Matterhorn. Adoramos o hotel! Foi perfeito, acordamos às 05:45h, registramos o momento em que o sol deixa a montanha em brasa, e voltamos para a cama. Simples assim rsrsrsrs.

Hotel Alpenholf - Foto divulgação

Hotel Alpenholf – Foto divulgação

Tem ainda o 3100 Kulmhotel que fica no Gornergrat, o hotel mais alto da Europa, e o famoso Omnia, hotel 5 estrelas escândalo,  incrustado em uma rocha com paisagens incríveis.

QUANTO TEMPO FICAR  

Nós ficamos  dois dias e duas noites, tempo suficiente para conhecer a cidade e fazer dois dos vários passeios que existem. Tudo depende do que você quer fazer, pois, se você vai esquiar, fazer trilhas, etc., sem dúvida precisará de um pouco mais de tempo.

Foto divulgação do site da cidade

Foto divulgação do site da cidade

Bem, Zermatt é tudo isso e muito mais, cidade com excelente hotelaria e infraestrutura turística, com paisagens deslumbrantes e muitas opções de lazer no inverno ou no verão. Uma cidade para ser colocada na sua wish list, pois tenho certeza que você também irá adorar.

20170318_123124

E aí, gostou de Zermatt? Linda, não é verdade? Quando programar as suas férias coloque Zermatt no seu roteiro, acredite, você não vai se arrepender. Caso tenha ficado alguma dúvida, deixe aqui o seu comentário.