DICAS DE HALLSTATT

DICAS DE HALLSTATT – “UM VILAREJO ENCANTADO”

2015-07-03 20.48.44

Resolvi conhecer essa linda cidadezinha depois que vi uma foto no Instagram. Foi amor à primeira vista! Imediatamente coloquei o nome dela no topo da minha wish list. Naquele mesmo ano, 2015, consegui visitar aquela que seria uma das cidades mais bonitas que eu já havia conhecido. Não foi tão simples quanto eu havia pensado que seria…  Nós estávamos em Milão, a 641 km de Hallstatt, que fica nos Alpes austríacos, na região dos lagos, chamada Salzkammergut. Seria necessário dormir em outra cidade. Resolvemos que seria Innsbruck, apesar de já conhecermos a cidade, mas  lá temos amigos queridos, o Manfred e a Natasha, e a cidade é linda. Sem dúvida vale outras e outras visitas. Então não pensamos duas vezes, eu, minha filha e uma amiga, alugamos um carro com GPS e seguimos para nossa pequena aventura. Dormimos uma noite em Innsbruck (depois falo sobre ela em outro post), e no dia seguinte fomos para Hallstatt que fica a 250 km de Innsbruck. Antes passamos por Salzburg, outra linda cidade da Áustria, coisa que não deveríamos ter feito, pois apesar de estar a apenas 72 km, nós não conhecíamos o trajeto e as estradas nas montanhas são lentas, cheias de curvas. O ideal seria chegar com o dia ainda claro.

A paisagem desse trajeto é lindíssima! Os Alpes com seus picos nevados estavam sempre presentes; os campos muito verdes desfilavam imagens incríveis; as cidadezinhas que pontilhavam essas paisagens eram lindas, tudo isso fazia daquela estrada um deleite para os nossos olhos.

20150620_115920

20150621_103619

Houve um momento que achamos estar perdidas, a estrada foi se transformando, ficando estreita, apenas uma pista para ir outra para voltar, depois uma que só dava para passar apenas um carro. O pior era que parecia que estávamos passando por trás dos quintais das casas. Estávamos perdidas????? Já estava escurecendo e não havia NINGUÉM que pudéssemos perguntar se estávamos no caminho certo…

Ufa! Não estávamos perdidas! Esses GPS são muito loucos, nos levam por lugares tão improváveis que nos deixam inseguros, mas, de um jeito ou de outro eles lhes deixam  no seu objetivo, no nosso caso: Hallstatt. Ou, por ser uma cidade tão pequenina, o caminho até poderia ser aquele mesmo, mas o importante é que havíamos chegado.

20150621_074134

Que visão maravilhosa! Sabe aquelas cidadezinhas de sonho,  onde vivem fadas e duendes? Pois bem, Hallstatt é exatamente assim, linda como um conto de fadas. A cidade está perfeitamente localizada entre o Lago Hallstatter See e as montanhas, com paisagens belíssimas que até parecem cenários de filmes, tudo muito lindo e mágico.

2015-07-28 17.55.09

A cidade  é muito pequena, formada por lindas casinhas com telhados escuros, que dão um ar de mistério à paisagem, muitas flores nas janelas, restaurantes, hotéis, duas igrejas, um museu e uma mina de sal. Hallstatt foi declarada Patrimônio Histórico da Unesco em 1997. É uma das cidades mais antigas do mundo, rica em história.

20150621_071427

O QUE FAZER

Visite a famosa Mina de Sal, a Salzwelten, a mina mais antiga do mundo, que fica no alto da montanha, para isso pegue o funicular, que vai lhe deixar a 855 metros de altura. O Valor do bilhete foi na faixa de 23 euros, na época. Você vai subindo e se deliciando com a paisagem magnífica que vai se formando lentamente. A cidade vai se tornando pequena e aí você consegue  visualiza-la em  sua totalidade.

20150621_064518

Depois de visitar a mina, vá na Dolfsturm Tower, a antiga torre de defesa, hoje um restaurante com um terraço que dá acesso à Plataforma Skywalk. Que lugar legal! É uma plataforma triangular que se precipita para o abismo, proporcionando uma vista impressionante, perfeito para fazer aquela self, as fotos ficam lindas! Veja algumas:

20150621_05541320150621_054613

O espaço lá em cima é muito legal, tudo muito bonito e organizado, com belas paisagens e muitos turistas. Pena que era um dia chuvoso…

20150621_060151

20150621_053004

20150621_052736

Agora vá conhecer o centrinho de Hallstatt, aquela parte que falei que parece cenário de um filme. A Markplatz, com as casinhas de telhados escuros e flores nas janelas; As igrejas,  católica, e anglicana, Evangelische Kirche Hall. Conheça também o Ossário Beinhaus com seus incríveis crânios decorados, e visite o Museu Elterbemuseum. Depois passeie um pouco por aquelas ruazinhas e se deixe levar por aquele momento de êxtase.

Markplatz

Markplatz

 

 Evangelische Kirche Hall

Evangelische Kirche Hall

14 Comentários

DICAS DE CAPRI – PARTE ll

DICAS DE HOTÉIS E RESTAURANTES

Hoje o nosso RegistrosDeViagens vai selecionar alguns hotéis e restaurantes bens legais que tive oportunidade de conhecer nas visitas que fiz àquela ilha.

Algumas pessoas pensam que Capri é um destino muito caro,  mas não é verdade, concordo que não é exatamente um destino barato,  mas lá  existem hotéis e restaurantes para todos os gostos e bolsos. Você pode curtir essa adorável ilha em altíssimo estilo em um daqueles maravilhosos hotéis de luxo, ou fazer uma visita low cost em um hotelzinho bem charmoso.  Qualquer que  seja a sua opção, você irá se divertir do mesmo jeito… o importante é não deixar de ir!

HOTÉIS

Quando você for escolher o seu hotel em Capri, procure um que fique perto da Piazzetta ou na via Camerelle, pois é o coração da ilha. Em Anacapri tem hotéis incríveis, mas fica distante do centro e é necessário pegar taxi o tempo todo. Tudo depende do que você está procurando… Alguns hotéis disponibilizam transporte. Já fiquei hospedada em Capri e em Anacapri e, sem dúvida alguma, na minha opinião, Capri é a melhor pedida.

A ilha de Capri tem hotéis incríveis, maravilhosos, em posições fantásticas,  que descortinam paisagens fascinantes,  veja alguns deles:

Hotel Caesar Augustus (da rede Relais chateaux de hotel) – Um dos hotéis mais bonitos da ilha. Fica em Anacapri, “pendurado” no alto de um penhasco, voltado para o maravilhoso Mar Tirreno.

Foto tirada do Hotel Caesar Augustus

Foto tirada do Hotel Caesar Augustus

A piscina desse hotel se confunde com a imensidão daquele mar azul profundo. Trata-se de uma piscina de borda infinita estrategicamente posicionada, no alto de uma falésia, de onde você pode apreciar uma das paisagens mais bonitas da região. Tive a grata satisfação de me hospedar nesse hotel em abril de 2011. Foi Maravilhoso!

20150927_140032

Hotel Syrene – Da rede Best Western – Esse hotel também tem uma posição incrível, fica no coração de Capri, na Via Camerelle, onde tudo acontece. Quartos maravilhosos com varandas, café da manhã delicioso e um lindo jardim com vários pés de limões na área da piscina. Estivemos lá em setembro de 2015 e adoramos!

20150927_090716

Hotel QuisisanaHotel maravilhoso que fica no centro de Capri, pertinho do Hotel Syrene. Um dos hotéis mais tradicionais da ilha, infelizmente ainda não tive  oportunidade de conhecê-lo mas está no topo da minha wish list rsrsrsrs, quem sabe? A sua “terrazza” é um dos points da cidade, local perfeito para observar o vai e vem das pessoas. Momento imperdível!!!

Terrazza do Hotel Quisisana

Terrazza do Hotel Quisisana

Outros hotéis que tenho indicado  os meus clientes, e o feedback que tenho recebido deles tem sido muito bom, são o La Residenza e o La Floridiana.

RESTAURANTES

Il Geranio – Fica perto dos Jardins de Augusto, com uma vista deslumbrante para os Faraglioni,   perfeito para o jantar romântico ao por do sol. Comida maravilhosa e atendimento impecável. Amei!!! Via Fuorlovado, 18/22 Capri – Tel: +39 081 837 0181

054

Deixe um comentário

DICAS DE CAPRI – PARTE l

DICAS DE CAPRI –  PARTE l

Um Paraíso No Mar Tirreno 

20150927_133234Essa pequena ilha localizada  no  Golfo de Nápoles é o que podemos chamar de paraíso. Um mar incrivelmente azul, águas transparentes, paisagens que encantam, hotéis maravilhosos, bons restaurantes, lojas de grifes, iates de luxo ancorados em suas marinas,  muito glamour e sofisticação. Tudo  isso faz de Capri um destino que não decepciona NUNCA!

20150927_125334

Como Chegar

Existem várias maneiras de chegar a Capri, uma delas é pegar um aliscafo no porto de Nápoles, no Molo Beverello, que custa 19,10 euros, apenas ida, e mais 2,00 euros para uma mala, um trajeto de 50 minutos. Outra forma de chegar em Capri é da Costa Amalfitana, no verão saem barcos para lá de Amalfi, Positano e Salerno. São pequenos barcos turísticos que fazem esse percurso duas a três vezes ao dia. Essa opção é normalmente utilizada por pessoas que resolveram visitar a ilha fazendo apenas um bate e volta da Costa Amalfitana. Já estive cinco vezes nessa maravilhosa ilha e utilizei tanto o  aliscafo, o barco turístico quanto uma lancha, todos funcionam muito bem. Você não terá dificuldades de chegar à ilha. Qualquer que seja a forma escolhida para chegar a Capri sugiro que leve uma mala pequena, pois em uma ou outra ocasião você terá que carregá-la. #Fica a dica.

Chegando em Capri

Chegando em Capri

Ao chegar à Marina Grande, o pequeno porto de Capri, você pode pegar a “Funicolare”, uma espécie de elevador, por 1,80 euros, que lhe deixará ao lado da Piazzeta, centro de Capri. Você também pode combinar o horário da chegada com o pessoal do seu hotel, aí eles ficarão lhe esperando na Marina Grande com um cartaz com o nome do hotel para levar as suas malas ou mesmo você, vai depender do hotel que você escolheu. O último que fiquei levou apenas as malas para isso cobrou o valor de 6,00 euros por mala, ida e volta.  Aí, sem o desconforto de carrega-las,  peguei o funicolare e fui para o hotel à pé. Existe ainda a opção de pegar um taxi para o hotel que custa 16,00 euros para Capri e 20,00 para Anacapri.

Marina Grande - Porto de Capri

Marina Grande – Porto de Capri

Marina Grande                                                                                          Marina Grande

Pronto, agora que você está na ilha, não pode perder tempo, tem muito lugar lindo para visitar.

O que fazer em Capri

Acho que a primeira coisa que você tem que fazer em Capri é saber como está a maré para ver a possibilidade de visitar logo a Grotta Azzurra, pois,  caso o mar esteja alto, você ainda terá uma chance de visita-la no outro dia. Por duas vezes não pude entrar…

 GROTTA AZURRA

Grotta Azzurra - foto: Capri Tourism          Grotta Azzurra – foto: Capri Tourism

Trata-se de uma gruta que parece um sonho, simplesmente linda! Por fora, um pequeno buraco  de um metro de altura, por dentro, a água adquire uma tonalidade de um azul que eu jamais havia visto, de uma transparência surreal, “da non credere”, os barcos parecem que flutuam. A gruta é pequena, apenas 60 metros, com 25 de largura.

Para entrar você deve comprar um ingresso na  Marina Grande, no valor de 9 euros, na empresa que organiza os passeios da ilha. Daí você pega um barco que ficará em uma fila, onde outros barcos estarão esperando a vez de entrar, quando chegar a vez do seu barco, você passará para um barquinho a remo com um “marinaio” que lhe levará para dentro, essa parte custará mais 4 euros para o ingresso na famosa gruta .

Entrada da Grotta Azzurra            Entrada da Grotta Azzurra

Os barqueiros costumam pedir ainda a “mancia”, gorjeta. Muito chato isso, pois eles são insistentes, mas você não é obrigado a pagar. Para entrar, você precisa ficar deitado no fundo do barco, quietinho, esperando a hora ideal, que irá depender do balanço das ondas. É uma visita muito rápida, cerca de 5 minutos, mas bastante gratificante. Eu adorei!

Entrada da Grotta Azzurra        Entrada da Grotta Azzurra

Você também pode chegar a pé vindo de Anacapri, desça a Via Pagliaro e depois a Via Grotta azzurra, aí você encontrará uma grande escada que lhe levará até o mar, como você pode observar na foto acima.

PASSEIO DE BARCO AO REDOR DA ILHA

Esse passeio é imperdível! Ninguém deve visitar essa ilha sem fazer esse passeio! A ilha rochosa é cheia de pequenas grutas e falésias maravilhosas, o mar, como já falei, tem um azul tão intenso  que impressiona, as paisagens são lindas e o encontro com “Il Faraglioni”  é o ponto máximo do passeio, veramente indimenticabille!

Você pode comprar um passeio de duas horas que custa aproximadamente  18,00 euros, na Marina Grande, junto com outras pessoas . O ideal, no entanto, é “noleggiare”, alugar, um barco com “marinaio”, marinheiro, e ficar passeando naquele mar de sonho. Leve um prosecco e brinde à vida! Na última vez que estive em Capri fui com um grupo de 13 amigos, alugamos o barco no hotel, mas essa não foi uma boa opção! Primeiro porque não vimos o barco… Não era muito confortável, segundo porque o mar estava “mosso”, muito agitado  mas, mesmo assim o passeio foi maravilhoso, eu adorei,  pena que algumas pessoas enjoaram…

20150927_114145

Por esse motivo eu acho que a melhor forma de adquirir esse passeio é na Marina Grande onde você pode escolher o barco e até pechinchar um pouco o preço, pois são muitas as opções, além de ver se o mar está para peixes ou não rsrsrs . Em outra ocasião, o grupo que eu estava, era um grupo bem maior,  alugaram um barco bem mais confortável. Foi perfeito!

Em uma terceira ocasião, alugamos o barco em Amalfi para fazer o famoso Day trip à Capri,  o barco foi perfeito, a paisagem maravilhosa, paramos perto dos Faraglioni para mergulhar naquelas águas frias mas muito convidativas. Meraviglioso, mas Capri merece bem mais que um Day trip…

250

I FARAGLIONI

20150927_122943

20150927_121057

São três enormes picos de rocha que emergem do Mar Tirreno, no Mediterrâneo, a poucos metros da costa, famosos em todo o mundo pela sua beleza. O primeiro, unido à terra, se chama Faraglione di Terra ou Saetta. O segundo, aquele com uma cavidade no centro, que forma uma linda galeria natural de 60 metros, Faraglione di Mezzo ou Stella e o terceiro, Faraglione di Fuori ou Scopolo.

2015-10-10 16.44.45

4 Comentários

Dicas para Ravello

RAVELLO – “La città della musica”- Dicas e Fotos

OS TERRAÇOS DO MAR TIRRENO

 methode%2Ftimes%2Fprod%2Fweb%2Fbin%2Fe19e869e-443d-11e6-8b08-e4a8e44356ba

Essa belíssima cidade é completamente diferente das cidades na Costa Amalfitana, pois  não fica no mar como as outras e sim no alto de uma montanha, a 315 m. de altura, cercada por lindas colinas,  com uma vista para o Mar Tirreno e para o Golfo de Salerno simplesmente incrível!!! Fica mais ou menos em “cima” de Amalfi, a 6 km dessa cidade.

O caminho para Ravello é cheio de ruazinhas extremamente estreitas, com curva que os italianos chamam de “tornanti”, que chegam a dar medo. Essas curvas são tão acentuadas que existem espelhos para que você possa ver os carros que veem do outro lado, mas é realmente uma experiência “da non perdere”, pois as paisagens que essas curvas descortinam, ficarão gravadas em sua memória para sempre.   O importante é dirigir com prudência e aproveitar o momento.

O centro da cidade é bastante simples, com cafés, restaurantes e com belíssimas cerâmicas  sendo vendidas em suas lojinhas. A  cidade é  composta  por lindos jardins e terraços suspensos no estilo “socalcos” que descortinam  paisagens cênicas.

Centro de Revello Foto: Mini Guia Amalfi Cost

Centro de Revello – Foto: Mini Guia Amalfi Cost

Onde ficar

Ravello tem hotéis belíssimos, quase todos com vistas de tirar o fôlego.  Já tive oportunidade de visitar essa cidade três vezes, mas só me hospedei uma vez, foi quando fiquei no incrível Hotel Caruso, com uma piscina de borda infinita realmente impressionante. Quando fecho os olhos ainda posso ver nitidamente aquela paisagem. Simplesmente inesquecível! Parece que você está no topo do mundo.

Vista do Hotel Caruso com Minore ao fundo

Vista do Hotel Caruso com Minore ao fundo

122

Adorei ter ficado em Ravello, mas eu não ficaria nessa cidade se já não conhecesse bem aquela região.  Essa é uma cidade legal para ficar quando você está querendo curtir um “dolce far niente”, e se tiver um tempinho extra para aproveitar os belíssimos hotéis, admirar as paisagens e ficar curtindo cada momento daquele paraíso. Como já falei anteriormente, essa não é uma boa base para explorar a região, pois é um pouquinho “fora da rota”. Fica então a dica.

252

393

2 Comentários

Positano

POSITANO – COSTA AMALFITANA – “Da non perdere”

Nos posts anteriores falei sobre a Costa Amalfina com dicas de como chegar e onde ficar, depois sobre a pequena cidade de Amalfi, e  hoje o nosso “registrosdeviagens” será sobre a belíssima Positano.

284

Positano é incrível, situada entre montanhas, formada por ruazinhas estreitas, muitas ladeiras e casas que caem sobre o mar em efeito cascata,  com uma exuberância de vida e cor difícil de encontrar em outras cidades. Positano é tão linda que você não acredita que uma cidade como aquela pôde ser construída em um local tão acidentado, entre vales tão profundos.

169

Positano - Set/2011

Positano – Set/2011

Trata-se de uma cidade quase vertical que tem apenas uma rua por onde os carros podem transitar, a Via Pasitea, que troca de nome três vezes, mas é a mesma rua, ela vai descendo,  descendo, serpenteando até chegar na Spiaggia Grande, onde foi filmada uma cena do filme “Sob o sol da Toscana. No caminho muitas lojinhas, principalmente de roupas para o verão, hotéis, bares, restaurantes, tudo muito lindo. Você só vai perceber que desceu tanto quando tiver que voltar.

356

Em determinado ponto dessa caminhada, você vai encontrar a Igreja Santa Maria Assunta com sua linda cúpula de majólica colorida ( faiança muito apreciada pelos italianos da época do renascimento),  que pode ser vista por quase todos os pontos de Positano.  O charme da cidade.

327

Dicas:

Onde comer  

Da última vez que estive em Positano almoçamos no restaurante do Hotel Le Sirenuse, o La Sponda, simplesmente divino! Além da vista maravilhosa, o espaço interno do restaurante é belíssimo, com heras fixadas ao teto de tal forma que nos dá a impressão de estarmos almoçando em um lindo jardim, é decorado com centenas de velas que são acesas apenas nos jantares, infelizmente esse privilegio é reservado apenas aos hóspedes do hotel. Que Pena… mas mesmo assim o almoço não deixou de ser maravilhoso. Esse hotel aparece no filme “Only you” com Marisa Tomei, tem a melhor vista da cidade e fica no início da via Pasitea. Aproveite para tomar um bellini – drinque que leva prosseco e suco de pêssego natural.

Restaurante La Sponda

Restaurante La Sponda

Restaurante La Sponda - Um carpaccio moderno

Restaurante La Sponda – Um carpaccio moderno

Foto tirada do Restaurante La Sponda

Foto tirada do Restaurante La Sponda

Em outra ocasião almoçamos no Restaurante Saraceno d’Oro, também uma boa sugestão, bem mais simples mas com comida bem saborosa.

275

Fomos também no “Il Ritrovo”, do Chef Salvatore Barba. Trata-se de um restaurante simples e aconchegante que fica  no alto de Positano, um pouco afastado, mas isso não é um problema pois eles têm um serviço de shuttle que pega você no hotel. A comida é delíciosa! Veja o prato da entradinha de antepasto misto que pedi. Huuum estava dos deuses.

 150

Como você pode observar, as opções de restaurantes são inúmeras, o seu problema será apenas decidir qual escolher.

Onde se hospedar em Positano

2 Comentários